Case Canal Combate
Marketing

Case Canal Combate

Da aposentadoria ao retorno

Em outubro de 2020, a VX deu início às interações do Canal Combate. E já começamos essa missão a puro vapor: a nossa primeira luta foi a de aposentadoria do campeão Anderson Silva. Foi grande a expectativa e nos empenhamos bastante nos estudos para estarmos prontos para a luta. Nosso principal foco era responder o máximo possível das dúvidas do público do canal, além de criar conversas durante a exibição da luta ao vivo. Afinal de contas, a nossa estreia no responding estava ligada a esse grande evento para quem ama luta!

Seguindo o pique do primeiro grande round do MMA, em novembro tivemos uma surpresa e mais um novo desafio: a luta que marcou o retorno de Mike Tyson aos ringues ao lado de outra lenda do boxe internacional, Ron Jones Jr. 

Com dois grandes embates e muitas outras lutas, iniciamos nossa jornada com o pé direito na busca por estreitar os laços com o público. Os dois primeiros meses de trabalho foram intensos e trouxeram resultados espetaculares! Acompanhe abaixo nosso case.

Case Canal Combate

TEMPO REAL

Para atender a um canal com lutas ao vivo, estamos ligados em tempo real durante as transmissões para interagirmos com o público e também monitorar o que está rolando nas redes sociais para reportarmos aos times competentes, assim como dar o máximo de atenção a quem segue e interage com as páginas. 

Nos dois primeiros meses, já foram 22 lutas ao vivo e um crescimento de +92,7% interações com foco em nos aproximarmos dos Combatentes, como os telespectadores do Canal Combate são carinhosamente chamados.

Na luta de aposentadoria do Anderson Silva, crescemos em +44% no número de interações comparado ao período anterior, todas repletas de muito carinho pelo lutador e, apesar da derrota para Uriah Hall, os Combatentes elogiaram bastante o desempenho e a trajetória de Anderson Silva em sua última luta. 

Menos de um mês depois, foi a vez da lenda Mike Tyson voltar aos ringues em uma luta de exibição contra Ron Jones Jr., outro grande nome do boxe internacional. O público compartilhou histórias repletas de nostalgia de quando viram Mike Tyson lutar nos anos 1990, e da alegria que foi poder revê-lo em atividade. O evento teve +41% de interações totais comparado ao período anterior, no mês de outubro.

ESQUADRÃO BRASILEIRO

Outros grandes destaques no octógono foram os lutadores brasileiros Deiveson Figueiredo, Raoni Barcelos, Glover Teixeira e Charles do Bronx, que levantaram grande parte do número de interações em suas lutas. O embate Santos x Teixeira dividiu o público que admira tanto Glover Teixeira quanto Thiago “Marreta” dos Santos e, na mesma noite, Raoni Barcelos foi bastante elogiado após derrotar Khalid Taha no card preliminar.

ESQUADRÃO FEMININO

Muito elogiadas e requisitadas ao longo desses meses de trabalho de social listening do Canal Combate, as lutadoras fizeram bonito em seus cards e marcaram a história do UFC. Além de Claudia Gadêlha, Jéssica Bate-Estaca e Amanda Ribas, Norma Dumont e Taila Santos se destacaram nas interações e no carinho do público aficionado pelas artes marciais, sendo sempre um sucesso quando se trata de engajamento.

MONITORAMENTO E HIGHLIGHTS

As redes oficiais do Canal Combate seguem em crescimento e tiveram +32% de aumento das interações gerais no mês de dezembro comparado a novembro. Os inscritos no canal oficial do Combate no YouTube subiram para +18,6% para acompanharem as transmissões ao vivo que vão ao ar antes dos cards do UFC iniciarem no Canal Combate. Com este crescimento, as interações intensificaram no portal de vídeos e atingiram a marca de +21,4% de comentários e curtidas. No Instagram, o engajamento cresceu em +39%, principalmente em dias de luta de UFC e em publicações sobre os lutadores vencedores dos cards. Os seguidores do Twitter cresceram (38,1% a mais que no período anterior ao início da escuta social da VX), o que resultou também em um aumento de engajamento (73% a mais, destacando as lutas Hall x Silva e Tyson x Jones) que acompanha o crescimento da rede. O Facebook é uma das redes onde o público mais interagia antes da chegada da VX e continua em constante crescimento de interações (+53,8% de outubro a dezembro de 2020).

É um desafio crescer junto com o único canal voltado às artes marciais no Brasil, e a cumplicidade dos fãs da marca é essencial para fazer com que cada vez mais tenhamos resultados positivos para mostrar! Nós estamos com o Combate prontos para a luta.

Newsletter VX Comunicação

Que tal receber algumas recomendações de conteúdo personalizadas para você?